Sabe o Que Eu Achei do Novo DVD do Lobão?

Finalmente comprei o mais recente DVD do Lobão chamado Lobão Elétrico: Lino, Sexy e Brutal e como um bom fã assumido do cara eu já digo logo de cara que eu estava ansioso pela experiência de assistir a esse show.
Juntamente com o DVD foi lançado também um CD desse show, com menos músicas, é claro, porém com a mesma energia que você verá no DVD.
Algumas coisas interessantes aconteceram na produção desse DVD/CD, como por exemplo a gravação, que foi feita em uma única noite, sem aquela apelação características desse rock’n roll bunda-mole que vem sendo feita por várias “bandas da pesada” nos últimos anos. Estou me referindo ao velho truque barato de gravar duas ou mais apresentações da banda e depois fazer aquela edição mágica para produzir no DVD um show que simplesmente não aconteceu.
Além disso Lobão deixa bem claro nos extras e até mesmo em um texto incluído no encarte do DVD que em 35 anos de carreira esse é o seu primeiro trabalho no qual ele mesmo assina por completo toda a produção musical acompanhando minuciosamente cada momento da produção.
Só por essas duas razões acima eu já recomendaria que você desse pelo menos uma conferida no material , porque se trata do trabalho de um músico querendo mostrar seu som e não de um produtor musical querendo “tocar nas rádios”.
No setlist percebi outra característica marcante do Lobão presente, na maioria dos DVDs que são lançados por aí o músico/banda escolhe apenas os grandes hits de sua carreira e acaba deixando de lado trabalhos mais recentes, mas como já é costume do Lobão, nesse DVD vemos muita coisa do seu mais recente álbum de estúdio Canções Dentro da Noite Escura (2005) assim como alguns “lado b” que estavam meio esquecidos pelo grande público até serem sido regravados para o Acústico (2007), é o caso de Bambino e El Desdichado II.
Claro que alguns clássicos como Canos Silenciosos, Decadence Avec Elegance e A Vida é Doce não ficaram de fora mas o ponto alto do DVD - em minha humilde opinião, é claro - ficam para a recentemente lançada Das Tripas Coração e a lendária Ovelha Negra, de Rita Lee, que ainda conta a participação quase sobrenatural de Luiz Carlini.
Há algumas outras músicas ainda antes do grande hino O Rock Errou que encerra o setlist incluso no CD.
Para os felizes proprietários do DVD ainda há mais seis faixas, onde cinco delas compões o bis trazendo outra vez Carlini roubando a cena em clássicos como Me Chama, Rádio Blá e Vida Bandida (além de outras) e numa clara edição o DVD encerra com Por Tudo o Que For mas sem perder toda a “eletricidade” prometida no título.
O DVD está tão bem produzido que ficou impossível não recomendá-lo, por isso fica aqui minha singela opinião para você que assim como eu gosta de preencher sua prateleira com shows memoráveis.

Veja Também

Nenhum comentário:

Postar um comentário