Lições de Um Mentiroso Honesto

"Existe uma nítida diferença entre ter uma mente aberta e ter um buraco em sua cabeça por onde seu cérebro vaza para fora." - James Randi

Acompanho as peripécias de James Randi há alguns anos e quando soube que um documentário sobre sua vida estava sendo produzido minha ansiedade se mostrou ativa. Em 2014 o filme An Honest Liar, ainda sem nome oficial no Brasil, foi lançado.
Em uma tradução direta do título teríamos algo como Um Mentiroso Honesto, uma definição que acredito se encaixar com perfeição para James Randi.


Randi ainda era criança quando se encontrou no ilusionismo e mais tarde deixou sua casa para viajar com um circo itinerante, onde aprendeu seus primeiros truques.
No começo de sua carreira como mágico ele se especializou em uma categoria chamada de "mentalismo" que consiste em truques e sugestões que passam a ilusão de que o mágico tem poderes mentais como telepatia, clarividência e controle mental. Para Randi era apenas uma especialização mágica, nada além de uma performance artística, mas o público enxergou Randi como um homem com poderes mentais capaz de interagir com o sobrenatural, o que incomodou o mágico e o fez trocar de especialização.
Seguindo os passos do grande Houdini, Randi se tornou um mágico escapista e passou a combater algemas, cadeados, camisas de força e uma série de outros apetrechos aliados a um cronômetro.
Sob a alcunha de "The Amazing", James Randi fez história no mundo do ilusionismo mas suas principais lições estão em sua luta contra as pessoas que usam a mentira para se aproveitar de outras pessoas, enquanto o próprio Randi acredita na mentira apenas quando usada para entretenimento, o que o transforma nesse mentiroso honesto que chamou a atenção de tantas pessoas ao redor do mundo.
Um dos casos mais famosos da cruzada pessoal de Randi está no episódio contra James Hydrick que aconteceu ao vivo em um programa de TV norte-americano.


Como você pode atestar no vídeo, Randi encurralou o tal "paranormal" com o cabelo do Papa-Capim através de um experimento simples e bem fiscalizado, o que pode fazer a diferença na hora de desmascarar um impostor como esse.
No Brasil Randi ficou conhecido através de uma série de matérias veiculadas no Fantástico há alguns anos onde ele divulgava um prêmio em dinheiro para quem pudesse provar que tinha algum poder sobrenatural e seu embate mais famosos foi contra um sujeito que atendia pela alcunha de Thomaz Greem Morton. Confira a saga completa abaixo:


É justo dizer que Randi em alguns momentos perdia a atenção das pessoas por suas abordagens muitas vezes radicais, que acabou se tornando a razão pela qual Randi não era muito ouvido em certos meios, por exemplo o religioso. O vídeo abaixo retrata uma das ocasiões onde Randi desagradou alguém devido a sua postura radical.


Ainda recomendo a apresentação de Randi no TED Talks e sua abordagem sobre homeopatia e conversa com mortos, que é também uma grande lição sobre pessoas abusando da crença de outras para ganhar algum dinheiro com isso.


Todas as experiências que listei acima representam apenas uma pequena fração de quem James Randi realmente é. Se você se interessou por sua abordagem ou por sua cruzada pessoal para desmascarar charlatões eu recomendo An Honest Liar, que por enquanto só está disponível no Brasil através de download.
Apesar de James Randi sempre se assumir como ateu e repudiar publicamente qualquer tipo de crença, posso concluir após estudar sua vida que não é errado acreditar em algo invisível, sobrenatural e/ou inexplicável, errado é quando você usa esse tipo de crença para convencer as pessoas a te dar algum dinheiro ou se comportar de uma determinada forma que você acredita ser a correta.


Veja Também

Nenhum comentário:

Postar um comentário