Scrivener - Escrevendo Do Seu Jeito

Imagem: Divulgação
Assim como a maioria, minha trajetória na escrita começou no papel. Logo descobri que eu faço parte do time de pessoas que preferem escrever no computador, e acabei com a cara enfiada no, possivelmente, software de escrita mais conhecido do mundo: o Word. O meu problema com o word é o excesso de recursos inúteis para um escritor, o transformando em um software pesado e por vezes poluído. Minha primeira solução foi migrar para o Google Docs (atualmente chamado de Drive). Foi lá onde eu tomei contato com uma função que hoje considero essencial: o autosave! Não tem nada mais irritante do escrever por alguns minutos ou até mesmo horas sem se lembrar de salvar o arquivo e de repente acontecer alguma coisa que te faça perder todo o seu progresso, certo? O Docs solucionou meu problema por uns tempos com uma interface mais simples e direta, mas depois de um tempo, meus textos começaram a ficar grandes demais e consultar anotações ou capítulos anteriores se tornou uma tarefa deveras cansativa. Finalmente conheci o Scrivener, o software feito sob medida para mim. Para qualquer escritor, ouso arriscar.

O QUE É O SCRIVENER?

O Scrivener é um software pensado desde o começo para ser uma ferramenta para o escritor, por isso não existe sequer uma função nele que não possa ser usada com a finalidade de suprir o processo de algum profissional da escrita. Existem muitos bons argumentos a favor do Scrivener escritos pelo Fábio Yabu, Rodrigo Gurgel e pela Julianna Costa, mas aproveito para discorrer abaixo sobre as funções que foram o grande diferencial para mim.

COMO FUNCIONA

O software traz vários modelos de arquivos que facilitam a sua vida na hora de iniciar um projeto novo, seja ele um conto, romance, roteiro, pesquisa acadêmica ou o que for. É verdade que as opções de modelos que o Scrivener traz, apesar de serem muitas, podem não atender exatamente as necessidades do seu projeto. O interessante é que isso está longe de ser um problema já que ele permite que você crie a partir de um arquivo em branco e salve toda a sua organização e características atribuídas por você como um modelo novo para melhor suprir as suas necessidades no futuro sem ter que repetir o mesmo processo a cada novo texto.

ORGANIZAÇÂO E CONSULTA

Depois de um tempo, se o seu projeto for maior do que uma postagem ou uma crônica, é natural que ele esteja repleto de anotações, material de pesquisa ou até mesmo imagens de referência. O Scrivener permite que você compile tudo isso (incluindo páginas web) para consultar rapidamente sem precisar abandonar a tela de seu projeto e se desviar demais de sua escrita. A melhor parte é que todo esse material fica bem organizado e pode ser acessado facilmente sem precisar rolar a página um milhão de vezes.

SEGURANÇA

Ele consegue manter tudo isso em um programa leve e com o nosso querido AUTOSAVE, aleluia! A cada dois segundos o Scrivener salva todo o seu progresso, te deixando livre para se concentrar apenas na escrita. Recomendo também que sincronize seus arquivos no serviço de Nuvem de sua preferência, para que você não sofra os males de um HD que foi pro saco. Também é recomendável que você escolha uma pasta adicional para salvar o backup de seus projetos, mas fique tranquilo, você só precisará fazer isso uma vez já que o Scrivener atualiza todos os seus backups ao final de cada sessão automaticamente.

DISTRIBUIÇÃO

O software possui versões oficiais para Windows e MAC que podem ser adquiridas AQUI (página em inglês). Também é possível testá-lo gratuitamente por 30 dias de uso, ou seja, se você não abrir o Scrivener em algum dia, ele não será subtraído de seu tempo de testes. Existe também uma versão Linux feita pela comunidade que pode ser baixada gratuitamente AQUI (página em inglês). Já experimentei ela em um notebook velho que possuo com uma distribuição mais leve do Linux e posso dizer que apesar de apresentar alguns bugs, ela é bem funcional e conta com as principais funções do Scrivener em bom funcionamento.

CONCLUSÃO

É evidente que o uso do Scrivener não é essencial para o ato da escrita já que cada escritor tem seus próprios métodos e manias, mas se você é adepto do computador e da organização de suas pesquisas e projetos em um só lugar sem se perder, eu recomendo que você dê uma chance ao programa.



Veja Também

Nenhum comentário:

Postar um comentário