Sobre a Escrita Mistura Biografia e Reflexões Sobre a Arte de Escrever

Stephen King é, inegavelmente, um escritor de sucesso. Não só publicou, e ainda publica, uma quantidade de títulos bem acima da média para qualquer escritor profissional, como constantemente obtém o sucesso comercial de cada um deles.
Existe uma certa corrente de críticos literários que não simpatizam com a obra de King e, por vezes até menosprezam o seu trabalho. Sobre a Escrita (On Writing) foi o único livro do autor que li até o momento e por isso não posso avaliar sua obra como um todo, mas já posso afirmar que, devido a sua postura nesse livro, o admiro como profissional.
O que temos aqui não é um manual de escrita ou um guia passo a passo de como se ganhar muito dinheiro escrevendo, mas sim um honesto relato do autor sobre sua trajetória profissional e um pouco de seu próprio método de escrita, temperado com alguns de seus conselhos mais valiosos.
Conhecer um pouco de seu passado e dos percalços do começo de sua carreira ajuda a simpatizar com o escritor. Em certo ponto, King relata suas tentativas de vender seus textos para editoras enquanto dividia seu trabalho de escrita com sua profissão como atendente de lavanderia. Isso sem mencionar seu casamento e seu primeiro filho, o que traz um desafio financeiro ainda maior.
É reconfortante saber que até mesmos os grandes escritores da atualidade também tiveram suas dificuldades quando começaram e, por certo, atravessaram noites sombrias ponderando se a escrita seria de fato o caminho certo a se seguir. 
Há espaço nesse livro para os problemas pessoais do autor e sua luta contra o alcoolismo, o que o transforma em um personagem muito mais humano e próximo de cada um de nós.
Uma boa parcela do livro é dedicada aos conselhos práticos de King para escritores. Sempre carregados de experiências práticas e pessoais, somos apresentados a diversas técnicas, métodos, posturas profissionais e conselhos, tudo isso apresentado sem tentar se parecer com uma fórmula de sucesso, é claro.
O principal feito desse livro está em humanizar a figura de um escritor de sucesso e falar abertamente sobre os obstáculos que podem vir a surgir na carreira de um profissional da escrita. O autor ainda deixa claro em diversos momentos que está trabalhando em um gênero literário o qual não domina, e até se questiona sobre sua capacidade de escrevê-lo.
O maior efeito colateral que esse livro gerou em mim foi uma tremenda vontade de me sentar com King para um café e ouvir seus conselhos e experiências de vida o máximo que puder.

Nota: 5/5

Veja Também

Nenhum comentário:

Postar um comentário